Sonhos por Planos

Olá amados… depois de mais um tempo sem postar nada, espero dessa vez voltar com a corda toda.

Tem dias já que eu estava com muita vontade de escrever, de desabafar neste paragrafos informais coisas que nem eu sabia definir com certeza. Mas hoje, eu sei o que é: saudades. Uma imensa saudade brotou há alguns dias, e estou fazendo de tudo para dribla-la, para atênua-la. Saudade sem remédio, do que foi e hoje não pode ser mais. Eu compreendo – e aceito – perfeitamente que a separação pela morte é momentânea e que, mais dia, menos dias, vai chegar nossa vez de partir. Mas ainda assim, de vez em quando dá um quê de angustia, de querer ver, tocar, ouvir… deitar a cabeça no colo e dormir, um sono tranqüilo e protegido, como costumava ser. A música abaixo expressa exatamente esse sentimento. E era nossa música – minha e do Fayllor. Só nossa, toda nossa. Ouvi-la é voltar a momentos tudo de maravilhoso que passamos. Em nenhum momento ficou a imagem da partida, da minha renúncia ao nosso amor – que foi inevitável. O que de cruel tem nessa separação foi que não pudemos escolher entre ir e ficar. Simplesmente fomos obrigados a aceitar; e, quase 3 anos depois, eu ainda engulo a contra-gosto essa separação. Apareceram outras pessoas; cada uma, boa em alguma coisa, com suas particularidades. Mas nenhuma tão boa quanto você, Fá. E se for para ter alguém qualquer coisa menos que você, então, prefiro viver com a lembrança do que vivemos, que não me traz sofrimento e me faz imensamente feliz e realizado. Não quero que ninguém seja igual a você, nem quero transformar ninguém em uma pálida sombra sua. Só quero alguém que se esforce como você se esforçava para ser bom o suficiente para estar ao meu lado, me tornando tão esforçado quanto para também merecer sua presença. E é exatamente isto que eu não aceito menos.

Fayllor, meu anjo querido, que o papai-do-céu continue te abençoando e apoiando, dondequiera que estés; que possâmos – nós dois – continuar nossa caminhada rumo ao reencontro, dia-a-dia, cada momento mais próximos. Te amo muito, e me despeço deste post com muitas saudades, e desejando que, onde for, e como for, você esteja feliz!

saudade

Sonhos por Planos

Era uma vez você e eu
Quando estávamos sonhando calmos
Como limãos frescos e felizes como um céu de
domingo
Não havia nada que pudéssemos vender ou comprar
Porque tudo de que realmente precisávamos
Eram nossos pés descalços e um par de asas para
voar
O que você acha, meu amor?
Nós vivemos muito em pouco tempo?
E você, você tem sentido a melancolia, meu amor
Desejando que o tempo não tivesse passado?
Você pode me dizer como costumava ser?
Nós perdemos nossa chance?
Nós trocamos nossas esperanças por medos
E nossos sonhos por planos?
Você pode me dizer como costumava ser
Quando realmente nos importávamos?
E quando o amor estava ao nosso lado
Ao nosso lado
Eu lembro de antes
Quando podíamos passar nossa noite
Olhando para o teto e deitados no chão
Nosso vocabulário não era muito variado
E eu falava tão pouco de inglês
Que as palavras traduzidas soariam estranhas
O que você acha, meu amor?
Eu vivi muito em pouco tempo?
E você, você tem sentido a melancolia, meu amor
Desejando que o tempo não tivesse passado?
Qual é a sua idéia, meu amor?
Eu vivi muito em pouco tempo?
Então se você, se você vier e eu estiver chorando
Agora você sabe, agora você sabe o motivo
Você pode me dizer como eu costumava ser?
Eu perdi minha chance?
Eu troquei minhas esperanças por medos e meus
sonhos por
planos?
Você pode me dizer como costumava ser
Quando realmente nos importávamos?
E quando o amor estava ao nosso lado
Ao nosso lado

Anúncios

Sobre Fábio Galan

Masculino, 34 anos, solteiro. Resido em Guarulhos, São Paulo - Brasil. Sou Supervisor de Suporte Técnico, do ramo de Tecnologia da Informação.
Esse post foi publicado em Fayllor. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s